O nosso auxílio junto dos mais carenciados

AAAA FEC assinou com a Associação Auxílio e Amizade um Contrato de Comodato ao abrigo do qual são disponibilizados os meios necessários para a dinamização conjunta de acções de âmbito Social.

Historial de Ação Social na FEC

A Direcção de Acção Social iniciou as suas actividades na Rua da Saudade nº 8-1º andar, em Dezembro de 1977, pelo dinamismo de Maria Laura Barros, vice-presidente do Conselho Director que, desde 1973 se encontrava à frente de acções de solidariedade, primeiro na Associação de Beneficência Fraternidade onde criou a Sopa da Fraternidade, em Fevereiro de 1973, a campanha Natal Até Sempre e o Grupo Bem-Fazer, em Dezembro do mesmo ano.

Reiniciadas as actividades da Fraternidade Esotérica, primeira designação da nossa Associação, Maria Laura Barros deu continuidade à sua obra, agora na FEC, dinamizando as seguintes acções:

24 de Dezembro de 1977 – almoço de Natal, distribuição de alimentos, roupas e brinquedos para as crianças a partir desta data, distribuição, de Segunda a Sábado, de sopa, pão e fruta, nas instalações da FEC, às 18 horas, com reforço para Domingo; distribuição de roupa, calçado, alimentos, medicamentos e brinquedos; apoio às famílias e esclarecimento quanto aos seus direitos sociais e como usufruir deles.

A localização da nossa Associação numa área antiga da cidade colocou-nos sempre perante a realidade de famílias numerosas, de parcos recursos, muitos idosos e habitações muito degradadas. Além disso, em 1977 estavam alojados nas instalações da antiga Prisão do Limoeiro, hoje Centro de Estudos Judiciários, famílias regressadas de África que aguardaram muito tempo pela resolução das suas situações. É neste contexto social que ainda hoje exercemos a nossa acção de voluntariado.

Ao longo dos anos, necessidades de ordem diversa levaram a alterações na estrutura da acção social:

Outubro de 1987 – substituição da distribuição diária da sopa na sede por distribuição mensal de géneros alimentares no domicílio das famílias assistidas;

Fevereiro de 1989 – início da distribuição mensal de géneros alimentares, roupa, calçado e brinquedos na sede, mensalmente, ao Sábado de manhã;

1992/2001 – a fim de dar continuidade às acções anteriores e procurando sensibilizar os frequentadores do Centro Espírita para a necessidade de exercermos a solidariedade, foram dinamizadas as seguintes campanhas:

Solidariedade ao Próximo – angariação de géneros alimentares; Nascer de Novo – angariação de enxovais para bebé, berços, produtos de higiene e apoio às mães; Cabaz do Lanchinho – angariação de lanches para as crianças das famílias carentes que frequentam as aulas de evangelização espírita ; Cantinho da Criança – angariação de presentes para distribuição mensal às crianças aniversariantes; SOS Farmácia – angariação de medicamentos; Do Natal – angariação de géneros alimentares específicos para a Ceia de Natal das famílias assistidas e de presentes para as crianças; Da Páscoa – angariação de géneros alusivos à época, especialmente destinados aos mais novos; Do Pão – angariação de donativos para aquisição diária de pão, por parte de algumas famílias mais carentes e a partir de acordo definido com algumas padarias.